Mãe fez denúncia ainda em setembro, relatando que filho não queria mais ir à escola por medo da professora que utilizava sacos de lixo para castigar as crianças, que têm idade de 3 a 4 anos.

Câmeras de segurança de uma creche municipal da cidade de Restinga, do estado de São Paulo, flagraram o momento em que uma professora e uma estagiária colocavam crianças dentro de um saco de lixo, como forma de castigo. A ação das mulheres foi descoberta ainda em setembro pela mãe de uma das vítimas, que têm entre 3 e 4 anos.

A Polícia Civil anexou as gravações ao inquérito instaurado ainda em outubro, que tem o objetivo de investigar as denúncias de maus-tratos feitas pelas famílias. Para as autoridades que investigam o caso, não resta dúvidas da conduta criminosa da professora e da estagiária.

A docente foi identificada como Silma Lopes e junto com a outra mulher, que é menor de idade, deve passar por um interrogatório nos próximos dias. Já por causa das gravações, a prefeitura decidiu afastar a dupla dos cargos.

Silma passará por processo administrativo, já a jovem foi desligada do quadro de estagiários. O caso foi conhecido pela Polícia Civil paulista ainda em setembro, quando a mãe de uma das vítimas fez a denúncia.

A mulher contou ao Conselho Tutelar que o filho não queria mais frequentar a escolinha porque estava com medo de uma das professoras. Além da primeira mãe, outras duas mulheres procuraram o Conselho para também relatar os maus-tratos. Todas foram aconselhadas a procurar a direção da creche e registrar um boletim de ocorrência.

As autoridades haviam colhido os depoimentos, mas não haviam encontrado as provas porque não existiam imagens no dia em que as denúncias foram feitas. Quando investigaram períodos anteriores, descobriram as professoras tentando punir os alunos com o saco de lixo.

Uma das primeiras gravações são do dia 14 de setembro. Enquanto uma das suspeitas segura um menino, a outra puxa um saco de lixo para cobrir o garoto. Em outro momento, é possível enxergar a estagiária com uma raquete, para afastar as crianças, e um saco de lixo.

As autoridades ainda acreditam que o castigo era aplicado com frequência. Pelas imagens, puderam notar que as outras crianças agiam de maneira normal quando as torturas aconteciam.

Veja o vídeo:

Professora e auxiliar sufocam crianças dentro de saco de lixo como forma de castigo; Assistam

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta