Um policial está sendo chamado de “anjo da guarda” depois de abordar uma mulher desabrigada e concordar em adotar seu bebê, em Albuquerque, no estado americano do Novo México.

Ryan Holets estava investigando o roubo de uma loja de conveniências quando encontrou uma mulher prestes a injetar heroína em si mesma. O policial ligou sua câmera e confrontou Crystal Champ, de 35 anos, e seu companheiro, antes de perceber que a mulher estava grávida.

“Você vai matar seu bebê”, Ryan disse à mulher, que estava “grávida de sete ou oito meses”, segundo descreveu o oficial no vídeo.

Diante da situação daquele casal e do futuro que a criança teria nas ruas, o policial decidiu intervir. “Eu apenas senti Deus me dizendo: ‘Diga a ela que você fará isso porque você consegue”, disse Holets à CNN.

Pai de quatro filhos, Ryan disse à mulher desabrigada que ele gostaria de adotar seu bebê. Crystal, que vive em uma rodovia no Novo México, tem sido viciada em heroína na maior parte de sua vida.

Patrocinado: Veja este Vídeo abaixo e Aprenda de forma Simples e na Pratica como Ganhar dinheiro Online começando do Zero

“Eu sei o quão ruim é minha situação. Eu sei o que é uma pessoa horrível que eu sou”, disse ela à CNN. Ela ainda revelou que “queria desesperadamente que alguém adotasse seu bebê”, e policial foi o único que se dispôs.

“Estava tão cansado de ver tantas situações que eu queria ajudar, mas não podia. Mas naquele momento percebi que tive a chance de ajudar”, afirma Ryan.

A esposa de Ryan, Rebecca, entrou em acordo com a decisão repentina de seu marido, pois o casal já cogitava a ideia de aumentar a família adotando uma criança.

Três semanas depois da abordagem policial, Crystal deu à luz uma menina, chamada Hope — que significa esperança, na língua inglesa. No entanto, devido ao uso de drogas de sua mãe biológica, a pequena nasceu com síndrome de abstinência neonatal.

No momento certo, os novos pais pretendem contar a Hope sobre as circunstâncias de sua adoção. “Eu só quero que ela esteja segura em uma família, que seja amada e tenha uma chance”, disse Crystal.

Depois do parto, Crystal disse adeus a bebê. “Ela se virou para mim e disse: ‘Cuide dela por mim’. E eu disse: ‘Eu cuido bem dela e você cuida bem de você mesmo’. Foi super emocionante”, disse Rebecca.

“Sou tão agradecido e abençoado que podemos ter esperança em nossa família”, disse Ryan, fazendo referência ao nome de sua nova filha.

Fonte: https://guiame.com.br

Policial adota filha de moradora de rua viciada em drogas: ‘Ouvi Deus me pedindo isso’

Comentários

Comentários

Classificado como:            

Deixe uma resposta