A pastora Lanna Holder, líder da igreja inclusiva Cidade de Refúgio, organizou uma “balada gospel gay” na vésperas da Parada Gay de São Paulo.

Lanna e sua esposa, Rosania Rocha, organizaram o evento que reuniu casais homossexuais membros de sua denominação, e outros convidados.

 

O evento recebeu o nome de “Refúgio White” e atraiu não apenas gays evangélicos como também aqueles que não frequentam nenhuma religião.

O objetivo do evento, segundo Lanna Holder, era evangelizar e mostrar que os homossexuais também são amados por Deus. “Ao invés de levar o público para a igreja, nós estamos indo aonde o público está”, disse ela.

Apesar de permitir o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo, a Igreja Cidade de Refúgio não aceita a prática do sexo antes do casamento e nem o consumo de bebidas alcoólicas, tanto que durante a balada só foram oferecidos drinques sem álcool, refrigerantes e sucos.

“A Bíblia que o heterossexual uso é a mesma Bíblia que o homoafetivo, transgênero, o transexual vai utilizar, ou seja, sexo só depois do casamento”, disse Lanna Holder.
Em um vídeo de divulgação do evento ela diz que o objetivo é evangelizar e não trazer a libertinagem. Durante a balada os presentes puderam dançar com canções pop, eletrônicas e gospel e a cantora Rosania Rocha também apresentou algumas canções de louvor.

Pastora promove “balada gospel gay” em sua igreja e causa polêmica

Comentários

Comentários

Classificado como: