A dor de perder um filho é algo imensurável para todos nós, especialmente quando isso é fruto de acontecimentos traumáticos, como um assassinato. Apesar disso, o testemunho cristão pode superar toda mágoa e através de Cristo conseguir fazer coisas incríveis, como liberar perdão para quem nos trouxe essa dor.

Pastor perdoa árabe que assassinou seu filho e testemunho vira destaque nacional
Pastor perdoa árabe que assassinou seu filho e testemunho vira destaque nacional

Foi isso o que fez o pastor Michael e sua mulher, Lubna, que vivem em Nazaré, Israel, ao terem o filho assassinado por um árabe durante uma briga de trânsito. Jonathan, tinha apenas 24 anos e foi morto esfaqueado. O socorro não foi suficiente para manter a vida do rapaz.

No lugar de entrar em desespero e murmurar acerca do que aconteceu, Michael utilizou o funeral do próprio filho para testemunhar a sua fé em Deus. Ele falou que estava sofrendo muito, mas destacou a soberania de Deus ao permitir tal acontecimento, acreditando que haveria um propósito para isso.

Patrocinado: Veja este Vídeo abaixo e Aprenda de forma Simples e na Pratica como Ganhar dinheiro Online começando do Zero

A maioria religiosa é muçulmana na aldeia de Nazaré, onde a família de Michael reside. Apenas 2% da comunidade é cristã. A postura de Michael chamou atenção dos árabes quando o vídeo do funeral com o discurso de fé do pastor viralizou nas redes sociais.

“O verdadeiro encorajamento veio do próprio Michael, que nos disse que a vontade de Deus é perfeita, mesmo que não possamos entendê-la agora”, disse Bader Mansour, líder da Associação de Igrejas Batistas em Israel, após visita ao colega enlutado.

“Abracei-o ao sair e disse que ele é um herói da fé e prometi continuar orando por ele”, destaca Mansour. O fato se tornou mais visível quando ao invés de exigir punições, multas e outros castigos aos árabes que mataram seu filho, Michael decidiu perdoá-lo publicamente.

Segundo a tradição árabe da região, Michael teria o direito de vingança. Um grupo de árabes e líderes muçulmanos locais foram até ele para saber qual seria a sua decisão, mas o pastor disse que pelo amor de Cristo não se vingaria do homem que matou o seu filho.

Por conta disso, o testemunho do pastor se tornou destaque na região e ele foi convidado para falar em programas de rádio e sites de notícias. Aos poucos foi chegando aos seus ouvidos casos de pessoas que se entregaram ao Evangelho de Cristo através da sua história.

Estava provado, diante dos seus olhos, que a morte de Jonathan realmente não foi por acaso. Deus enxerga muito além do que os olhos e intenções humanas podem imaginar, de modo que uma vida eterna ao lado de Cristo é muito mais preciosa, quando para isso é necessário resgatar outras vidas aqui na terra.

Assista:

Pastor perdoa árabe que assassinou seu filho e testemunho vira destaque nacional

Comentários

Comentários

Classificado como:

Deixe uma resposta