Um grupo de terroristas armados atacou um ônibus cheio de cristãos que se dirigiam à cidade de Minia, no sul do Egito.
Pai de família é morto na frente dos filhos por não negar a Jesus

O grupo terrorista fortemente armado parou o ônibus e rendeu todos os cristãos, sendo que ordenaram que descessem do ônibus, um a um, pelo que os terroristas deram uma chance dos cristãos negarem seu Deus e se converter ao Islamismo.

Como eram cristãos conscientes e corajosos, todos decidiram recusar a ordem de negar a Jesus Cristo, mas inevitavelmente todos foram massacrados por fuzis ali mesmo, na beira da estrada.

Os terroristas descobriram crianças escondidas no ônibus e também atiraram nelas, contudo deixaram algumas sobreviver para que dessem a “notícia” dos atos de crueldade que cometeram e que isso servisse de lição pra todo aquele que não se convertesse ao islamismo.

Após um tempo as crianças retornaram trazendo o restante da família ao local do ocorrido, em busca dos corpos de seus pais.

Oramos para que toda essa perseguição aos cristãos por extremistas islâmicos chegue ao fim.

Pai de família é morto na frente dos filhos por não negar a Jesus

Comentários

Comentários