Muita gente se surpreendeu com as palavras do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Record, durante a sua fala no programa “Palavra Amiga” nesta quarta-feira (12). Aos 70 anos, ele disse que não tem nada contra pessoas homossexuais.

Ao contrário de pastores que travam uma grande disputa com a classe LGBT no cenário político, ele afirmou que “nem Deus faria isso”. “No tempo de Jesus, já haviam homossexuais e que ele não disse nada e muito menos levantou uma bandeira contra o movimento”, disparou.

Na ocasião, ele estaria se referindo, indiretamente, a pessoas como o deputado Marco Feliciano e o pastor Silas Malafaia, conforme aponta o Catraca Livre. “Nós da Igreja Universal do Reino de Deus, não impomos nada contra ninguém”, completou ele em sua fala polêmica.

“Há muitos crentes, pastores e igrejas levantando uma bandeira contra o movimento gay, contra o casamento homossexual, contra lésbicas, etc, etc, etc. Eu me pergunto: Jesus faria isso se estivesse vivendo no nosso tempo? Eu não creio que ele faria, porque no tempo dele já havia homossexuais, lésbicas e etc”, completou. (OTVFoco)

Veja o Video:

Macedo diz não ter nada contra casamento gay, critica cristãos, pastores, e alega: “Jesus faria isso”

Comentários

Comentários

Classificado como: