Este menino gênio quer demonstrar que Stephen Hawking está equivocado: Deus existe SIM

 William Maillis não é um típico garoto de 10 anos de idade. Enquanto outros quebram a cabeça para superar fases de videogames, William, em sua curta idade, sonha em ser astrofísico. Maillis diz que quer estudar astrofísica para demostrar a todo o mundo que Deus existe, pois considera que somente uma força externa poderia ser capaz de formar a terra e tudo o que existe nela.
 Para isto, é necessário contradizer a maior parte dos físicos renomados, entre eles o Stephen Hawking, que sempre defendeu sua postura ateísta.

youthensnews.com

De acordo com seu pai, Peter Maillis, William começou a formar frases completas quando tinha apenas sete meses de idade. Aos dois anos, já sabia somar, multiplicar e ler. Aos quatro anos, já estava aprendendo álgebra, a linguagem dos signos e como ler grego. Quando tinha cinco anos, leu um livro inteiro de 209 páginas sobre geometria em uma só noite e, na manhã seguinte, acordou solucionando os problemas que tinha visto no livro.

Somos pessoas normais”, explicou Peter, o pai de William. “E ele é uma criança normal. Nada o distingue dos outros meninos de 10 anos de idade. Ele gosta dos esportes, televisão, videogames e o computador como todos os outros”.

People Magazine

Atualmente, ele faz um curso na universidade em Community College, em Allegheny, Pensilvânia. O desejo de William em se tornar astrofísico tem raízes fortes em suas crenças religiosas, pois seu pai é um sacerdote ortodoxo grego.

Para avançar em seus estudos, William quer aprofundar seus conhecimentos de física e química, que ter um doutorado e mostrar que as teorias sobre o universo dos físicos Albert Einstein e Stephen Hawking, são incorretas.

Peter Maillis

 Este garoto colocou uma tarefa bem grande e seus pais o apoiaram em tudo que ele precisava. Ver uma criança querendo provar a existência de Deus, é algo bastante incomum, inclusive para seus próprios pais.

William, o menino gênio, ainda tem muito para viver e agora sua prioridade é muito diferente da de outras crianças da sua idade, não é?

Este menino gênio quer demonstrar que Stephen Hawking está equivocado: Deus existe SIM

Comentários

Comentários

Classificado como: