Qual é a imagem que as pessoas têm de Jesus Cristo? Muitas vezes representado por um homem branco, barbudo e com longos cabelos loiros. Mas se formos analisar as representações de Jesus Cristo que foram criadas na antiguidade, nos damos com uma pessoa bem diferente do que estamos acostumados a ver.

Emma Maayan-Fanar, uma arqueóloga da Universidade de Haifa, encontrou uma suposta pintura de 1,5 mil anos do rosto de Jesus Cristo. O curioso é que a pintura é bem diferente do que estamos acostumados a ver, como citamos anteriormente. A descoberta foi feita em Shivta, uma antiga cidade agrícola construída pelo Império Bizantino. Localizada no deserto de Negev, ao sudoeste do território israelense, a pintura encontrada por lá pode realmente ser de Cristo.

A pintura de Jesus Cristo

Essa suposta pintura de Jesus Cristo já tinha sido relatada por arqueólogos na década de 1920, mas como seu estado de conservação estava muito ruim, a pintura não despertou o interesse de pesquisadores. Porém, Maayan-Fanar resolveu resgatar o desenho que estava em uma ruína. Junto de seu marido, que é fotógrafo, ela fez registros detalhados das imagens encontradas no local. Para deixar mais fácil a percepção, os cientistas resolveram fazer uma imagem com um contorno de linhas pretas.

Pode parecer apenas um simples rabisco, mas esse desenho tem uma grande importância por ser uma das primeiras representações de Jesus já encontrada. Os arqueólogos dizem que essa pintura retrata o momento em que um jovem Jesus é batizado por João Batista, seu primo.

Nos Evangelhos presentes na Bíblia Cristã não existe descrição física de Jesus Cristo, certo? Pois a iconografia cristã representada nos últimos séculos nos mostra um Jesus de cabelos encaracolados e ar jovial. A figura retratada nas ruínas da igreja correspondem a um retrato mais próximo de Jesus, que nasceu na Galileia.

A cidade de Shivta foi fundada no século 2 e abandonada em meados dos anos 800, quando a ascensão do Islamismo no Oriente Médio provocou mudanças políticas, econômicas e sociais. Os arqueólogos afirmam que na cidade existiam pelo menos 3 igrejas cristãs. A cidade ainda continuará sendo estudada pelos arqueólogos que buscam referências históricas sobre a ascensão da religião cristã no Oriente Médio.

Encontraram um desenho em Israel que supostamente é o rosto de Jesus, o que você acha?

Deixe um comentário

Deixe um Comentário!

Classificado como:

Deixe uma resposta