Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram.” Mateus 7:13-14

Reflexão: Mais de duas décadas atrás, Juan Carlos Ortiz criticou evangelistas europeus e norte-americanos por oferecerem um evangelho que ressaltava as recompensas em vez do senhorio de Jesus. Jesus, principalmente em Mateus 7, nos lembra que a graça não substitui o discipulado, e a misericórdia não liberta da nossa necessidade de nos arrepender verdadeiramente. Devemos aceitar a graça que nos é dada e realmente deixar Jesus ser o Senhor das nossas vidas. Não uma proposta de “ou isso ou aquilo”, mas um chamado de Deus para receber a graça e seguir Jesus como Senhor.

 

Oremos: Todo Poderoso Deus, santo e majestoso na sua glória, eu sei que nunca serei digno da Sua Graça. Sei que a minha carne é facilmente tentada a desistir do discipulado. Então, por favor, ajude-me na minha busca de seguir o Bom Pastor no caminho à salvação. No nome de Jesus eu oro. Amém.

Devocional Mateus 7:13-14 | As duas portas

Deixe um comentário

Deixe um Comentário!

Classificado como:    

2 ideias sobre “Devocional Mateus 7:13-14 | As duas portas

  • 06/03/2019 em 2:13 pm
    Permalink

    Muito legal gostei

  • 06/03/2019 em 12:53 pm
    Permalink

    Eu creio que estou no caminho certo que é o caminho que leva a salvação que é Jesus Cristo.

Deixe uma resposta