Talvez você conheça a sensação de esperar até que o seu celular carregue?

Acabou a bateria, você colocou o telefone na tomada e agora não há nada para se fazer senão sentar e esperar? Leva até uma questão de minutos (mesmo que seja nada mais que um telefone), você começa a se sentir tenso e ansioso, tentando imaginar quanto tempo isso vai demorar.

A maioria das pessoas não gosta de esperar. Nós frequentemente nos frustramos esperando por um lanche de fast food ou esperando atrás de um carro lento na pista rápida. Estamos sempre com pressa para chegar no próximo local ou na próxima coisa. Essa mentalidade frequentemente alcança a nossa vida espiritual nos apressando para a próxima grande coisa.

Mas enquanto a maioria de nós está com pressa, parece que Deus geralmente não tem pressa alguma. As Escrituras dizem que Ele é devagar em relação às coisas. Parece que Ele tem sempre um plano e propósito para tudo. O problema de esperar é não conhecer todos os detalhes. Da nossa perspectiva, temos tudo resolvido e queremos que Deus haja dentro do nosso cronograma.

Esperar faz parte da vida e é uma das ferramentas de Deus para o desenvolvimento das pessoas.

Mas Deus raramente faz as coisas de acordo com o nosso cronograma, e é por conta disso que facilmente desanimamos. Se não tivermos cuidado, acharemos que Ele não se importa conosco ou até sente raiva de nós.

Nos evangelhos vemos isso acontecer com Maria e Marta enquanto elas estão à espera de Jesus para vir e curar seu irmão, Lázaro. Quando Jesus finalmente aparece, Ele é acusado de ter demorado. Deus sempre tem boas razões para nos fazer esperar. Esperar faz parte da vida e é uma das ferramentas de Deus para o desenvolvimento de pessoas. A Bíblia está repleta de histórias de pessoas que tiveram que esperar em Deus, tal como Noé, Abraão, Moisés, José, Davi, Daniel, Jesus, Paulo e tantos outros.

Ao estudar a vida dessas grandes pessoas, descobri cinco razões pelas quais Deus nos faz esperar:

1. Esperar revela nossas reais motivações

A espera tem uma maneira de trazer à tona o melhor e o pior que há nas pessoas. Aqueles que não têm a motivação correta não esperarão por muito tempo porque não estão interessados no compromisso necessário para ir até o fim. Estão por demais interessadas no ganho e sucesso a curto prazo.

A maioria de nós tem boas intenções, mas muito do que queremos alcançar é uma tentativa de “fazer nosso nome” ou massagear o ego. É doloroso dizer isso, mas frequentemente é verdade.

2. Esperar produz paciência nas nossas vidas

A paciência na espera por coisas pequenas leva à paciência para coisas maiores. Se não somos capazes de esperar em Deus para fazer pequenas coisas, certamente não conseguiremos esperar por algo maior.

O nosso problema é que a nossa perspectiva geralmente está errada. Temos a tendência de pensar que as grandes coisas da vida são as finanças e nossos bens, enquanto Deus considera influenciar e mudar pessoas muito mais importante.

3. Esperar produz antecipação

Por que que crianças ficam tão animadas perto do Natal? Porque a espera produziu antecipação. Temos a tendência de valorizar aquilo pelo qual temos de esperar mais.

Há alguns anos, eu e minha família estávamos passando por uma temporada difícil. Tivemos de morar com a minha sogra durante por um tempo. Nesse período o Senhor me assegurou de que um dia teríamos nosso próprio lar. Demorou alguns anos para ver isso acontecer, mas quando o dia finalmente chegou, mal conseguíamos nos conter. Por conta da longa espera, temos a tendência de valorizar e cuidar mas de algo que outros. As pessoas geralmente valorizam mais aquilo pelo qual têm de esperar.

4. Esperar transforma o nosso caráter

A espera tem uma maneira de aparar as arestas das nossas vidas. A maioria de nós conhece a história de Moisés libertando os israelitas dos egípcios. É uma maravilhosa história de Deus fazendo grandes milagres.

Mas poucos sermões falam sobre como Moisés teve que esperar no deserto por quarenta anos antes que Deus viesse a ele. Deus usou aquele tempo de espera para transformar o seu caráter. Sabemos disso porque ele era um jovem impetuoso e sem paciência. No seu ímpeto, ele matou um homem e escondeu o corpo. Quando o seu pecado foi exposto, ele fugiu e foi exilado ao deserto. Quando recebeu uma segunda chance, escolheu fazer da maneira e no tempo de Deus.

No fim, os israelitas foram libertos da escravidão e Moisés se tornou um grande líder. A espera transformou a vida de Moisés e faz o mesmo por mim e por você.

5. Esperar produz intimidade e dependência de Deus

A razão pela qual somos capazes de ler sobre os grandes homens e mulheres da Bíblia é porque todos eles tinham uma coisa em comum. Todos foram pessoas que aprenderam que o seu sucesso na vida era diretamente proporcional à sua intimidade e dependência de Deus. Para eles, o relacionamento com Deus não era um esquema para enriquecer rapidamente. Para muitos deles era uma questão de vida e morte.

A boa notícia é que Deus nunca nos pede para esperar sem Ele

Esperar durante tempos difíceis desenvolveu o seu relacionamento com Deus. Alguns dos relacionamentos mais íntimos que temos em nossas vidas são por conta de um amigo que ficou ao nosso lado nas trincheiras durante o fervor da batalha. Talvez seja isto que as Escrituras querem dizer quando dizem que há amigo mais chegado que irmão (Provérbios 18.24).

A razão pela qual podemos ler as histórias desses grandes homens e mulheres é porque eles enfrentaram as dificuldades da vida com Deus. E no fim, gozaram do processo com e da promessa de Deus.

Eu sempre acreditei que Deus se interessa tanto pela jornada quanto pelo destino. Caso contrário, todos os relatos bíblicos incluiriam apenas as partes mais prazerosas, e não o bom, o ruim e as dificuldades do tempo de espera. Podemos nem sempre entender por que que temos de esperar, mas a boa notícia é que Deus nunca nos pede para fazê-lo sem Ele.

CINCO RAZÕES PELAS QUAIS DEUS NOS FAZ ESPERAR

Deixe um comentário

Deixe um Comentário!

Classificado como:    

Deixe uma resposta