Carl e Angel Larsen, proprietários da empresa Telescope Media Group, estão entrando em uma batalha judicial por suas liberdades civil e religiosa. Eles são cineastas e trabalham fazendo filmagens, cobrindo eventos e outras atividades, e estão sendo ameaçados de ir parar na prisão por se recusarem a filmar um casamento gay.

Casal cristão pode ser preso por se recusar a trabalhar em casamento gay
Casal cristão pode ser preso por se recusar a trabalhar em casamento gay

O casal já explicou que a recusa do trabalho é por motivo religioso. Eles entendem que por serem cristãos, não devem contribuir com a promoção de um evento que contraria os princípios de Deus, que é a cerimônia de “casamento gay”.

Todavia, no estado de Minnesota, Estados Unidos, existe uma lei que ameaça a liberdade do casal em tomar essa decisão, pois ela visa garantir que os serviços ofertados por empresários e comerciantes em geral sejam destinados a todos os públicos, indistintamente.

Patrocinado: Veja este Vídeo abaixo e Aprenda de forma Simples e na Pratica como Ganhar dinheiro Online começando do Zero

“A posição do estado neste caso é de que essa conduta é importante e que, quando você vende bens e serviços, deve vender bens e serviços a todas as pessoas no estado de Minnesota”, argumentou o comissário de direitos humanos do Minnesota, Kevin Lindsey, que abriu o processo contra o casal de cristãos.

Por outro lado, a Constituição Americana, sob a qual todas às leis estaduais estão submetidas, prevê que nenhum cidadão poderá ter restringida a sua liberdade religiosa e de consciência. Isto é, no caso de Carl e Angel Larsen, força-los à realizar esse trabalho seria ir de encontro a essa liberdade.

“Toda história que contamos amplia Jesus como um telescópio. Daí o nome do nosso negócio, o Telescope Media Group”, disse Larsen, destacando o conceito do seu negócio e como ele possui ligação com a sua fé.

Ela explicou que eles já trabalharam “com muitas pessoas LGBT em nossos projetos de filmes. Nós nos beneficiamos de sua criatividade, sua amizade e seus negócios. Nossa capacidade de rir, dialogar e trabalhar juntos nos dá uma grande esperança de que nossa nação possa transcender divergências políticas e culturais”.

O advogado que defende o casal, Jeremy Tedesco, explicou que os juízes que avaliam o caso, se não derem vitória para o casal, podem aplicar uma multa de até 25 mil dólares ou mesmo determinar a prisão.

“Até que ponto o governo pode ir quando se trata de casamento? Eles podem forçar as pessoas a promover idéias sobre o casamento que violam suas crenças? Portanto, este é um caso muito importante”, disse Tedesco, segundo informações do portal The Christian Post.

Casal cristão pode ser preso por se recusar a trabalhar em casamento gay

Comentários

Comentários

Classificado como:

Deixe uma resposta