Infelizmente, crimes de abuso sexual acontecem todos os dias no Brasil e no mundo. Uma garota de 11 anos acabou sendo vítima de um estupro realizado por alguém de sua família. A situação foi evidenciada em uma reportagem do portal de notícias G1 e serve de alerta para muitas pessoas.

#Crime de estupro teria ocorrido em #Iguape, na Região do Vale do Ribeira, que fica no interior paulista. A menina era abusada pelo namorado da própria mãe. O homem tem 41 anos de idade e convivia com a vítima.

A Polícia Civil, assim que teve ciência de tudo o que a criança passava, decidiu fazer uma solicitação de prisão temporária ao acusado.

Tudo acabou sendo esclarecido nesta semana, quando a própria garota decidiu pedir socorro da escola, impressionando até mesmo seus professores.

Estuprada pede socorro na escola e o que diz é chocante

A garotinha estava em uma aula de um programa que discute ações contra violência e uso das drogas. Foi, então, que ela contou tudo o que acontecia em sua casa. A garota deu detalhes aos professores sobre como eram realizados os abusos.

Além de obrigar a menina a fazer sexo, o abusador fazia ameaças à ela. Ele dizia, por exemplo que, caso a menina contasse algo para a família, que ela seria prejudicada. Uma prática comum entre abusadores. A Polícia Militar decidiu entrar em contato com a mãe da menor de idade. Em depoimento, a mulher disse que jamais poderia imaginar que o seu namorado fizesse isso com sua própria filha em sua casa, abusando também de toda a sua confiança.

Menina revela que abusos aconteciam há três meses e mostra marca de tortura

Em depoimento à polícia, a garotinha contou que o homem estava realizando com ela atos libidinosos cruéis. Ela teria mostrado, inclusive, uma marca de mordida causada pelo namorado da mãe.

O homem que abusava da garotinha seria um agricultor. Quando foi preso, ele estava dentro de um ônibus coletivo. O acusado foi abordado pela polícia e detido ainda no coletivo. O suposto estuprador deu um depoimento revelador assim que chegou à delegacia.

No local, o homem negou que praticou qualquer crime contra a garota. No entanto, ele confessou que já dormiu na mesma cama que ela e que, no passado, teve um namoro com uma garota adolescente, de 14 anos. Quando engatou esse namoro, o homem tinha 31 anos de idade.

Por conta do depoimento dele e da vítima, a polícia solicitou a prisão do homem. O pedido, no entanto, acabou sendo negado pela Justiça. A menina passou por exames e o resultado ainda é esperado para que a prisão seja determinada. #ViolenciaDomestica

Alerta: Menina de 11 anos era estuprada dentro da própria casa e mãe deixa o alerta aos pais

Comentários

Comentários

Classificado como: