Internautas de diferentes partes do país têm se mobilizado para arrecadar dinheiro em uma campanha que pretende ajudar o adolescente de 17 anos que teve a testa tatuada com os dizeres “eu sou ladrão e vacilão”. A vaquinha virtual viralizou nas redes sociais e, na tarde deste domingo (11), já acumula mais de R$ 17 mil em doações.

Além da remoção da tatuagem, a vaquinha tem como objetivo arcar com tratamento psicológico para o adolescente. O caso dele gerou bastante repercussão e se transformou em um dos assuntos mais comentados da web. Familiares do rapaz informaram à polícia que ele foi localizado perto de casa no fim da tarde desse sábado (10).

O adolescente estava desaparecido desde o dia 31 de maio. Após ser encontrado, ele prestou depoimento e disse que não cometeu nenhum furto. Esse seria o motivo pelo qual foi alvo de tortura. Ele recebeu atendimento médico e, em seguida, foi levado para a casa da avó.

O caso

A Polícia Civil de São Paulo confirmou neste sábado (10) a prisão de dois homens suspeitos de torturar um adolescente de 17 anos em São Bernardo do Campo. O tatuador Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, e o vizinho dele, Wesley Carvalho dos Reis, de 27, foram detidos na noite dessa sexta-feira (9) depois de tatuar os dizeres “eu sou ladrão e vacilão” na testa do rapaz.

De acordo com as autoridades, o celular de Maycon foi utilizado para filmar a tatuagem e para compartilhar vídeos dela no WhatsApp. Nas imagens, que viralizaram, o adolescente não reage às provocações da dupla. É possível ver um deles dizer que “vai doer” e, em seguida, o obrigam a dizer que quer tatuar a palavra “ladrão”.

Depois que o conteúdo viralizou, familiares do garoto o reconheceram e procuraram a polícia. Ele estava desaparecido desde o dia 31 de maio e seria usuário de drogas. Além disso, os parentes levantaram a possibilidade de ele estar com problemas mentais.

Policias fizeram rastreamento pela cidade e localizaram o tatuador sentado em uma calçada e o vizinho dele. Levados para a delegacia, disseram ter tatuado a testa do adolescente depois que ele tentou furtar uma bicicleta. Para a dupla, a medida seria uma forma de punição.

Veja o Vídeo:

E você como cristão o que faria?

Vaquinha arrecada mais de R$ 17 mil para remover tatuagem com os dizeres “EU SOU LADRÃO E VACILÃO “de adolescente

Comentários

Comentários