Juan é um adolescente que se tornou conhecido nas manchetes da mídia em junho de 2016, quando foi flagrado roubando uma bicicleta e teve a testa tatuada com a frase “Eu sou ladrão e vacilão”. Agora, o rapaz voltou a ser tema de reportagens por ter se convertido ao Evangelho e ser batizado nas águas.

Aos 17 anos, ele foi batizado pela Igreja Renascer em Cristo no último sábado, dia 30 de dezembro de 2016, na clínica de reabilitação onde está internado desde junho do ano passado, em Mairiporã (SP).

Caio Magnobosco, presbítero da Renascer, foi o responsável pelo batismo e pela divulgação da celebração nas redes sociais, com um versículo da passagem de I Coríntios 13:13: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor. #NãoÉVacilão #ÉAmadoDoSenhor”.

Patrocinado: Veja este Vídeo abaixo e Aprenda de forma Simples e na Pratica como Ganhar dinheiro Online começando do Zero

De acordo com informações do site da revista Veja, Juan tem recebido tratamento contra a dependência química, com atendimento psicológico, psiquiátrico e palestras para reinserção social, além de sessões de tratamento a laser para a remoção da tatuagem.

Em junho, a Polícia prendeu dois homens que foram apontados como responsáveis por tatuar a testa do adolescente e divulgar o vídeo nas redes sociais. No depoimento prestado na delegacia, alegaram que a tatuagem era uma punição à tentativa de furto.

Adolescente que teve testa tatuada após furto se converte e é batizado nas águas

Comentários

Comentários

Classificado como:    

Deixe uma resposta