Todo cristão verdadeiro deseja ter uma vida com Deus de muita comunhão, onde consiga ouvir a Sua voz, ter uma fé inabalável, força para vencer o pecado e cumprir o chamado que Deus tem para ele. Este desejo é sincero e agrada ao Senhor, mas por que será que uma grande parte dos cristãos não vive isso em suas vidas? A resposta pode estar em cinco coisas que atrapalham a vida de muitos crentes em nosso tempo.

1) Pecados “pequenos”

Existem alguns pecados que nós enxergamos como “pequenos” e que vamos deixando que façam parte das nossas vidas, se tornando aceitáveis para nós. Esses “pecadinhos” vão destruindo a nossa vida com Deus aos poucos, pois Deus não tolera o pecado, mesmo que o consideremos pequeno. Assim como uma pequena goteira vai gotejando pouco a pouco e destruindo os alicerces de uma casa com a umidade; esses pequenos pecados vão nos afastando de uma vida abundante com Deus. Alguns exemplos desses pecados são aquelas mentirinhas que contamos com freqüência, aqueles olhares com intenção impura, fofocas, brincadeiras de mau gosto, falta de respeito com os familiares, não honrar com a própria palavra, querer ter vantagem em tudo, etc. Enfim, geralmente é tudo aquilo que sabemos que é errado, mas insistimos em dizer: “Ah, isso não tem nada a ver”, “Só um pouquinho não faz mal”. Esses pequenos pecados atrapalham a nossa vida com Deus e abrem espaço para outros maiores, pois a Bíblia é clara: “Um abismo chama outro abismo…” (Salmos 42:7).

2) Falta de dedicação na vida com Deus

A correria do dia a dia tem sido a grande desculpa que muitos têm encontrado para dizer que não têm tempo para se dedicar a um relacionamento profundo com Deus. Por isso, não leem a Bíblia, oram pouco, não jejuam, não participam da obra de Deus, não evangelizam, não fazem questão de ter uma vida cristã que agrada ao Senhor. Acabam sendo crentes de final de semana. A falta de dedicação a uma vida séria com Deus é algo muito perigoso, que tem afastado muitos de uma vida abundante e, infelizmente, tem levado muitos a um terrível esfriamento da fé, a ponto de serem apenas religiosos de aparência e não servos de Deus verdadeiramente atuantes e consagrados.

3) Uma vida sem planejamento

A nossa vida passa muito rápido. Todos sabem disso. E não planejá-la é deixar que as circunstâncias decidam o que devemos fazer. As urgências tomam conta de tudo e se não planejarmos ter tempo com nossa família, certamente outras coisas tomarão esse tempo. Se não planejarmos acompanhar a vida de nossos filhos, outras coisas tomarão esse tempo. Se não planejarmos nossa vida com Deus, outras coisas tomarão o lugar que deveria ser de Deus. O segredo para ter uma vida abençoada é planejar tudo e fazer os planos virarem realidade com ações concretas. Se não tomarmos a atitude de priorizarmos as coisas mais importantes, nada acontecerá. Deus não fará a nossa parte! Por isso, é importante parar um pouco e pensar na sua vida com Deus, no que ela precisa mudar e no que você precisa fazer para ela melhorar. Planeje e execute!

4) Achar que tudo cai do céu

Uma coisa que gera um grande atraso na vida de muitos é achar que as coisas espirituais da nossa vida vão acontecer automaticamente, como que milagrosamente. A pessoa ora pedindo sabedoria a Deus, mas não conhece nada da Bíblia, nem busca saber como um cristão deve agir em cada situação. Como ela será sábia? Impossível! As coisas não caem do céu! É verdade que Deus nos abençoa de forma extremamente grandiosa, porém, não cabe a Ele fazer aquilo que nós temos condições de fazer. Por isso, uma vida de comunhão com Deus precisa ser uma parceria onde fazemos a nossa parte e Ele faz a Dele. A Bíblia diz que somos “cooperadores de Deus” (1 Coríntios 3:9), por isso, se você tem achado que as coisas vão cair do céu, mude sua maneira de pensar.

5) Pensar só nas coisas do mundo

O mundo moderno exige muito de nós. Estudos, trabalho, a competição para termos o sustento diário, etc. Todas essas coisas podem nos envolver de tal forma que façam da nossa vida apenas um busca desenfreada pelas coisas materiais. Respiramos isso, pensamos somente nisso, ficamos ansiosos e doentes porque queremos sempre mais e mais. Jesus nos ensinou que devemos buscar os tesouros do céu, onde traça nem ferrugem corroem. Isso significa que temos de ter cuidado com o tipo de tesouro que temos buscado. É verdade que estamos nesse mundo e que precisamos correr atrás de dinheiro e muitas coisas, isso não é errado. Mas será que correr atrás do Reino de Deus também não é algo importante? Pensar somente nas coisas do mundo e se esquecer do lado espiritual, do nosso chamado, da nossa responsabilidade como filho(a) de Deus, é meio caminho andado para o fracasso da nossa vida com Deus e com as pessoas.

Jesus disse: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas” (Mateus 6:33).

5 coisas que atrapalham a nossa vida com Deus

Comentários

Comentários

Classificado como: